RPG no universo de Guilenor
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Da Espionagem e dos Espiões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2728
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Da Espionagem e dos Espiões   Sex Set 11, 2015 4:09 pm

"Um líder sábio sempre mantém sob vigilância seus inimigos e aliados."

Essa frase exemplifica o princípio básico da espionagem, que é estar à frente de seus inimigos e aliados sempre pronto para impedir ou alterar os planos deles antes que causem algum dano aos seus interesses ou evitar que eles descubram os seus planos antes que gerem o efeito desejado. Em Guilenor, muitos estados possuem uma espécie de serviço de inteligência ou serviço secreto, e há ainda aqueles não diretamente ligados a algum estado, mas que exercem funções mercenárias ou agem de acordo com o ideário de sua ordem.

São exemplos os Cavaleiros do Templo, os Kinshra, os Sentinelas de Armadyl, a Lótus Fatal, o Serviço Secreto de Al-Kharid, a Guarda Secreta do Palácio de Varrock, os Myreque, os Dagon'Hai, o Serviço Secreto dos Gnomos, a Crux Eqal, os H.C.M., os Íbis Negros e os agentes utilizados por Azzanadra e Lucien no decorrer de várias missões, embora esses últimos não constituam uma organização e sejam na verdade espiões independentes prestando serviço a personagens poderosos.

Diversos fatores, além da própria sorte, contribuem para o sucesso ou não das missões. Algumas ordens dispõem de financiamento de governantes, o que facilita a aquisição de recursos necessários às missões, como suborno e disfarces, outras estão interligadas a uma forte rede de contatos que facilitam a obtenção de informações importantes para as missões, há também aquelas que tem acesso a acervos ou fontes de informação  fidedignas e extensas, as que adotam rígidos critérios de seleção e treinamento, preparando agentes para que eles saibam agir às mais diversas situações e ainda as que se atiram à sorte numa luta desesperada na qual não recebem ajuda, como foram os Myreque por muito tempo.

Em nosso sistema, para criar ou manter uma organização de espionagem o edifício "Centro de Operações" (confira o tópico "Sistema Administrativo") será necessário. No nível mais básico, 1, ele terá 10 pontos operacionais, que serão, de acordo com o padrão, divididos entre Espionagem e Contraespionagem, ou seja, cada uma terá 5 pontos. A cada nível a organização ganhará mais 10 pontos, até o teto máximo de 100, no nível 10, independente de ser de  iniciativa pública ou privada. O mínimo de pontos para a realização de missões em qualquer um dos dois lados será de 10.

Caso não haja pontos suficientes para a missão em um lado, o responsável pela organização (npc ou jogador) pode mudar os pontos de lugar. Quanto mais pontos houver em um lado, mais eficaz será a ação da organização nesse âmbito. Com os pontos definidos, o outro fator determinante será a sorte, para o sucesso ou fracasso da missão um dado de doze faces será rolado e cada face implicará num resultado diferente a depender das condições pré-existentes para a espionagem.

1 - Fracasso independente da pontuação.
2 - Sucesso com no mínimo 100 pontos de vantagem.
3 - Sucesso com no mínimo 90 pontos de vantagem.
4 - Sucesso com no mínimo 80 pontos de vantagem.
5 -  Sucesso com no mínimo 70 pontos de vantagem.
6 -  Sucesso com no mínimo 60 pontos de vantagem.
7 -  Sucesso com no mínimo 50 pontos de vantagem.
8 -  Sucesso com no mínimo 40 pontos de vantagem.
9 -  Sucesso com no mínimo 30 pontos de vantagem.
10 -  Sucesso com no mínimo 20 pontos de vantagem.
11 -  Sucesso com no mínimo 10 pontos de vantagem.
12 -  Sucesso independente da pontuação.

O cálculo da vantagem será feito da seguinte forma: Pts de Espionagem - Pts de Contraespionagem. Por exemplo: Os Cavaleiros do Templo desejam informações sobre a participação de Al-Kharid no encontro de armas do Império Kharidiano. Eles possuem 70 pontos de espionagem e o serviço secreto de Al-Kharid possui 50 pontos de contra-espionagem, portanto os Cavaleiros do Templo terão 20 pontos de vantagem, e só terão sucesso se obtiverem 10, 11 ou 12 nos dados. O governante só pode trocar os pontos de lado uma vez por estação (semana na vida real), para que cada um assuma a posição que bem entender arcando com as desvantagens ou consequências disso, e só serão permitidas duas ações de espionagem em cada território por estação (semana na vida real).

Nota: Se houver a intenção de algum membro ou jogador de espionar alguma região, seu governante não poderá modificar os pontos repentinamente antes ou durante as interpretações, pois isso será tomado como "metagaming" pela administração. Depois delas, apesar de poder ser considerado também como "metagaming" pela maioria dos jogadores (a menos que a missão inimiga falhe e seja descoberta), o governante poderá alterar a configuração de seus pontos, de acordo com o princípio de liberdade nesse aspecto.


Última edição por Sorondil em Qui Fev 11, 2016 10:15 pm, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2728
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Das Organizações e Seus Benefícios   Sex Set 11, 2015 7:29 pm


  • Todas as organizações NPC's tem um bônus fixo de 10 pontos a mais.
  • Pelo acervo, experiência e orientação divina que possuem, os Cavaleiros do Templo possuem bônus fixo não de 10 pontos, mas de 20 pontos, e uma tentativa extra de espionagem além do limite.
  • Os Guardiões de Armadyl possuem maior eficácia na infiltração entre civis e funcionários públicos, tendo bônus de 1 uma face do dado a menos para obter sucesso. (Ex: Eles precisam de 7 e obtém o sucesso tirando 6)
  • A Lótus Fatal possui o mesmo bônus que os Guardiões de Armadyl, só que para missões cujo objetivo é o assassinato de alguém.
  • Os Íbis Negros possuem 10 pontos bônus de contraespionagem por sua maestria no que diz respeito ao deserto.


Última edição por Sorondil em Qui Fev 11, 2016 10:16 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mateus
Sua Excelência
Sua Excelência
avatar

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 22/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Da Espionagem e dos Espiões   Seg Set 28, 2015 1:24 pm

Sabotagem


A sabotagem de edifícios pode ser utilizada de diversas formas, com a intenção de prejudicar uma nação. Um edifício sabotado custará metade do preço de construção para ser reparado, e suas funções ficarão inutilizadas enquanto estiver danificado. 

Para fazer a sabotagem, é necessária a presença de um centro de operações. A defesa contra sabotagens, porém, depende de três edifícios:


  • Quartel
  • Centro de Operações


Para saber quantos pontos de defesa se tem, é necessário somar os níveis de cada um desses edifícios, dividir o resultado por 2 e em seguida multiplicar por 10. Os dados são os mesmos que os de espionagem.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mateus
Sua Excelência
Sua Excelência
avatar

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 22/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Da Espionagem e dos Espiões   Seg Set 28, 2015 2:09 pm

Assassinato


Ações de assassinato são sutis e efetivas. Podem ser as melhores maneiras de ganhar guerras, fazendo emboscadas para líderes, oficiais, pessoas de importância. Necessitam, porém, de muita habilidade e sorte por parte dos agentes envolvidos para que dêem certo. Para ações de assassinato, é necessária a presença do edifício Centro de Operações.

Para a defesa:


  • Centro de Operações
  • Quartel
  • Edifício envolvido (Para um rei, seu castelo. No caso de emboscadas, o local em que o alvo em questão esteja, como uma estalagem, por exemplo).


Para que o assassinato ocorra, são necessários três rolagens de dados:

- A rolagem dos dados de espionagem para a infiltração no local em questão
- A rolagem de dados importantes para que passe por tudo o que possa causar desconfiança
- A rolagem de dados simples para a concretização do assassinato

Resultados para os dados importantes:
1 - Seu agente é pego e seus planos são revelados
2 - Seu agente não consegue, mas não é pego e você pode tentar novamente em 1 dia off-rp
3 - Seu agente tem um sucesso parcial, mas a desconfiança sobre ele faz com que ele precise de mais uma etapa (Rolagem de mais um dado, dessa vez simples, para que consiga definitivamente ou não)
4 - Seu agente passa perfeitamente pela segurança.

O assassinato pode ser utilizado também contra chars de rpers, embora para estes seja necessária a interpretação com o dono do char, mas sem dispensar a rolagem de dados. Na interpretação, o rper tem uma chance adicional de se defender.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mairon
Lord of The Shadows
Lord of The Shadows
avatar

Mensagens : 792
Data de inscrição : 08/05/2015
Idade : 17
Localização : Reino das Sombras

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Da Espionagem e dos Espiões   Ter Jun 21, 2016 10:01 am

Espionagem Privada

Como vemos na primeira mensagem postada neste tópico, o Sistema de Espionagem requer um Centro de Operações. Entretanto, com seus custos de manutenção mensal altos, a depender de seu nível, fica, de maneira geral, inacessível para organizações privadas, ou até mesmo para quem tem suas próprias maneiras incomuns de espionagem, sejam desde insetos pequenos e pássaros, até sombras e outras criaturas "místicas".

Unidades de Agentes

Cada agente de uma organização de espionagem ou relacionado tem uma certa função, seja espionagem, sabotagem, assassinato ou infiltração. neste sistema, os espiões por unidade tem um custo fixo por unidade, e cada batalhão, deve conter no final de suas estatísticas, seus pontos específicos, ficando desta forma:

Pontos Vitais:
Ataque:
Defesa:
Resistência
Agilidade:
Espionagem:

Cada tipo de agentes vai aumentar os seus pontos de acordo com sua quantidade de unidades, ou sua proficiência. Espiões focados em infiltração e coleta de informações, só podem ter seus pontos aumentados de acordo com a quantidade de unidades, sendo que cada unidade vale 5 pontos de espionagem, podendo ter no máximo 100 pontos (20 unidades). Espiões focados em assassinato e infiltração dependem de sua proficiência (mal-treinado, treinado, veterano e elite). A cada nível de proficiência, seus pontos aumentam, e seu custo também. Mesmo que seus pontos aumentem, há sempre um limite, que é de 100 pontos, no máximo.

  • Mal-treinados: 5 pontos/unidade
  • Treinados: 10 pontos/unidade
  • Veteranos: 15 pontos/unidade
  • Elite: 20 pontos/unidade

Mas qual seria o benefício em pagar mais por unidades que dão 20 pontos, ao invés de pagar menos por 4 unidades que dão 5? Durante qualquer ação de assassinato ou sabotagem, existe a possibilidade de o seu agente ser pego e levado a interrogatório. Dependendo da proficiência do seu agente, ele pode ter extremas chances de ser pego, até chances quase nulas. Caso ele seja capturado, dependendo da proficiência, ele pode revelar seu mandante e todas as informações da ação, ou mentir, não revelar nada crucial, ou simplesmente se suicidar quando for pego.

Tabela de Preços

[Em construção...]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Da Espionagem e dos Espiões   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Da Espionagem e dos Espiões
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Desafio Inicial [O Espião]
» Quiz [O Espião]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Reinos de Guilenor :: Sistemas e Notícias-
Ir para: