RPG no universo de Guilenor
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 No Submundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mairon
Lord of The Shadows
Lord of The Shadows
avatar

Mensagens : 809
Data de inscrição : 08/05/2015
Idade : 18
Localização : Reino das Sombras

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: No Submundo   Qua Out 07, 2015 9:13 pm

Enquanto estava caminhando pela praça dos Iorwerth em Prifddinas, Maedwyr seria abordado por um sujeito estranho que o levaria para longe de olhos curiosos. O sujeito então se revelaria um membro da Irmandade Sombria, enviado para comunicar Maedwyr de um novo trabalho no Oriente. Maedwyr e o sujeito iriam então para o Estreito das Pérolas, na base da Irmandade. O Líder, Maerys, informaria Maedwyr do serviço. Imediatamente, Maedwyr o aceitaria, e embarcaria num navio com os equipamentos para a ilha onde aconteceria a missão, Mei Lee, no Laço.

Seria noite ao chegarem na ilha, o navio ficaria parado no porto, enquanto os agentes começavam a se mobilizar. Iriam caminhando em volta da muralha de forma que não pudessem ser vistos pelos guardas, até chegarem em um ponto onde não veriam guardas. Maedwyr então utilizaria uma besta com arpéu para subir na muralha, assim como seus companheiros, e em seguida entravam na cidade. Maedwyr e os outros agentes iriam então para o forte, onde observavam a estrutura, e começavam a escalar o muro. Ao chegar no topo, Maedwyr avistaria um guarda numa torre, e de repente, o guarda seria morto por um dardo no pescoço de um dos agentes. Maedwyr então ficaria em pé no topo, e correria para o outro lado do muro, pegando impulso e pulando então em direção à uma ameia do Forte de Mei Lee. O outro colega de Maedwyr conseguiria fazer o mesmo, e os outros se dispersariam para cumprir as outras partes do plano. Ao chegar no Forte, os dois se esgueirariam por entre os corredores, até chegarem numa sala fechada, com um cofre. O colega de Maedwyr, após algumas tentativas, arrombaria o cofre, onde encontraria centenas de arcas com Sinos de Prata. Maedwyr começava então a retirar algumas arcas do cofre, mantendo o máximo silêncio possível, enquanto seu colega, na outra extremidade do quarto, ia até uma janela, que ficava de frente para o mar, e a abria, abrindo-a e utilizando magias ígneas para cortar a grade. Enquanto isso, o navio que usaram para chegar a ilha se encostava na costa para onde a janela da sala do cofre mirava. Com um súbito tiro de flecha, uma tirolesa seria firmada entre o cômodo e o navio, e então as arcas e sacos cheios de moedas começariam a deslizar pela corda até chegar no navio. Após fazerem a limpa no cofre da ilha, Maedwyr deslizaria pela corda até o navio, ficando na segurança. Todos os outros agentes já haviam chegado no transporte, exceto o que estava com Maedwyr no cofre. Ao começar a descer então pela tirolesa, uma flecha certeira acertaria a corda de forma inacreditável, fazendo com que o último agente fosse derrubado dentro das muralhas. Os alarmes seriam então soados, e guardas começariam a aparecer nas muralhas. O navio então partiria, deixando o último homem para trás. Embora fossem seguidos por outros navios, o navio da Irmandade conseguiria fugir, chegando no Estreito em segurança. Lá, as moedas começariam a ser colocadas em engradados com fundos falsos, com peixes disfarçando o fundo. Os engradados então seriam transportados para o porto, onde outro navio os levaria para o continente. Os engradados seriam escondidos em lugares conhecidos apenas pelos membros importantes da Irmandade, e Maedwyr seria um desses. De volta à base no Estreito, seria comemorado o grande golpe, e num súbito estouro, a base seria invadida por Guerreiros de Tetsu. A maioria dos agentes seriam mortos, restando apenas alguns poucos que conseguiram fugir, e Maedwyr. Todo o grupo de liderança da Irmandade estava morto, e os outros membros menores haviam fugido. Maedwyr fugiria para o continente, voltando para Prifddinas, esperando a poeira baixar. Maedwyr então faria um mapa, guardando-o em sua casa em Prifddinas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mairon
Lord of The Shadows
Lord of The Shadows
avatar

Mensagens : 809
Data de inscrição : 08/05/2015
Idade : 18
Localização : Reino das Sombras

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: No Submundo   Sab Out 17, 2015 9:16 am

Maedwyr convocaria os membros sobreviventes da Irmandade, e iria com eles num navio para Dhar Pei. Durante, eles sorrateiramente escalariam as muralhas, onde invadiriam o forte e começariam a saqueá-lo. Após saquear completamente, e levar os tesouros para o navio, o navio zarparia. Após algum tempo, os residentes do forte dariam conta de que os cofres estavam vazios. Maedwyr então escondia o tesouro no mesmo local onde havia escondido o tesouro de Mei Lee, nos arredores do Lado de Isafdar.

Ganhos:


+ 787.680g
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
No Submundo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Reinos de Guilenor :: Saga da Quinta Era :: Arquivo da Saga da Sexta Era :: Diálogos e Combates (Menores)-
Ir para: