RPG no universo de Guilenor
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Novo Tópico   Responder ao tópicoCompartilhe | 
 

 A Serviço de Monsenhor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Seg Maio 23, 2016 2:25 pm

Navios mercantes e de guerra que viajavam de lá para cá no caminho entre Reims e as colônias do Duque Louis no Mar do Sul avistariam uma ilha enorme a sudoeste do ducado, que receberia o nome de Porz (Ilha das Almas). Ao tomar conhecimento disso, o Alto Conselho de Reims enviaria exploradores até lá para que estabelecessem um farol e descobrissem o que a ilha guarda, mas a missão seria um fracasso e os enviados não conseguiriam penetrá-la muito profundamente, perdendo-se em suas florestas estranhas.

Gastos: 30 mil moedas (de Reims)

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qua Maio 25, 2016 4:21 pm

Após sucessivas reuniões do Alto Conselho de Reims e de intensa troca de mensagens com Louis, uma nova missão seria enviada à ilha de Porz (675.000km²). Dada a dificuldade de penetrar seu interior, a região costeira e suas capacidades seriam exploradas: descobriria-se que havia ricas jazidas de gemas preciosas nas serras próximas à costa e que a abundância de peixes nos mares e nos rios prometiam algum sucesso na pesca. A ocupação de uma zona pequena (1.4, 22.500km²) se iniciaria com o envio de 2 mil colonos e a construção de uma mina e a estrutura pesqueira.



Gastos: 6 mil moedas de ouro

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qui Maio 26, 2016 12:03 pm

Com o aval do próprio Louis, Hector Carnillean e o Alto Conselho de Amiens, responsáveis pela regência em sua ausência, entregariam plenos poderes a Gaston Carnillean, já adulto. Ele visitaria o ducado com sua esposa (filha de Anlaf) e filho, onde seria formalmente coroado e receberia as juras de fidelidade dos vassalos, a benção do clero, além da aclamação popular. Sua postura magnânima e firme garantiriam que nenhum perjúrio estragasse o início de seu governo ou inquietações levassem seus vassalos ao tumulto.

Gaston nomearia alguns membros novos para o Alto Conselho, mas todos eles seriam kandarinianos, como fora orientado por seu pai, embora a estrutura geral permanecesse quase a mesma. Hector Carnillean ocuparia a cadeira da regência oficialmente, como já tinha feito há anos de facto. O novo duque prepararia sua comitiva para visitar Ardonha e fazer seu juramento à Princesa Constance e ao Reino de Kandarin.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qui Maio 26, 2016 10:08 pm

No mesmo dia de sua chegada a Reims, Louis receberia um relatório da situação de Köln, descobrindo que um conflito generalizado se desenrolava na região, envolvendo 8 viscondes, 16 barões e 32 senhores que lhe prestavam vassalagem na disputa territorial. Eles haviam desobedecido a Magna Carta Ducal e criado exércitos próprios para garantir a posse de pedaços de terra maiores do outro lado do Rio Donha. O duque começaria a ponderar suas opções, optando por reunir a tropa permanente de seu castelo-sede para uma ofensiva contra os beligerantes caso eles não atendessem a seu ultimato. Nenhum deles atenderia, e os preparativos se iniciariam.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Maio 27, 2016 9:51 am

A congregação da Igreja de Saradomin em Lyon cresceria em 7,5%.

Gastos: 30 mil moedas

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Maio 27, 2016 8:50 pm



Louis desembarcaria no lado ocidental do rio Donha, na região mais próxima à foz (1.9), com seus 1.500 homens, muitos deles fidalgos, bem como escrivães para registrar o desenrolar do conflito. Sua primeira ação seria enviar batedores para coletar informações sobre o posicionamento e a situação dos beligerantes em cada zona onde o duque os combateria, mas só as conseguiriam de metade do território:


  • 1.9: 2 viscondes em conflito por um lago e um riacho, que seriam importantes para cultivar na região;
  • 1.8: 8 senhores em conflito por amplas porções de terra, que jamais poderiam aspirar ter em Kandarin;
  • 1.7: 3 barões em conflito por uma baía na qual um bom porto poderia ser instalado;
  • 1.6: 5 barões em conflito por jazidas de enxofre;


Tropas Lealistas

10 batalhões de Soldados Carnillean (500 homens, treinados; 6.000g)
10 batalhões de Arqueiros Carnillean (500 homens, treinados; 6.000g)
10 batalhões de Cavaleiros Carnillean (500 homens, treinados; 6.000g)

Soldado Carnillean

Pontos Vitais: 280
Ataque: 400 (760) (840 contra unidades pesadas)
Defesa: 300 (660)
Resistência: 200 (320)
Agilidade: 100 (120)

Arqueiro Carnillean

Pontos Vitais: 280
Ataque: 100 (475 em combate corpo a corpo)
C. a Distância: 300 (750)
Defesa: 200 (220)
Resistência: 200 (280)
Agilidade: 200 (300)

Cavaleiro Carnillean

Pontos Vitais: 280
Ataque: 400 (720) (800 contra unidades pesadas)
Defesa: 300 (810)
Resistência: 200 (400)
Agilidade: 100 (130)

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Maio 27, 2016 9:25 pm

A competência militar de Louis garantiria-lhe a vitória sobre alguns dos fidalgotes beligerantes em pouco tempo. 2 viscondes e 8 senhores seriam derrotados em campo de batalha, com suas forças aniquiladas ao custo da vida da décima parte das tropas levadas pelo duque (1 batalhão de cada tipo). Com um quarto da região sob seu controle, a ordem seria garantida para que os refugiados e colonos pudessem se estabelecer em paz, e a administração seria entregue a cônsules ligados diretamente a Louis, ao invés de vassalos, provisoriamente.

O duque exigiria dos herdeiros desses nobres derrotados e capturados, que agora assumiriam seus lugares, a renovação dos votos de fidelidade e a indenização dos cofres ducais quanto às despesas de guerra, em troca da retenção deles como reféns ao invés de suas execuções. Todos aceitariam.

Mortos

150 lealistas
300 beligerantes

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sab Maio 28, 2016 9:12 am

A postura inflexível do duque e as punições dadas aos nobres capturados por Louis causaria temor entre os demais beligerantes. Os que disputavam terras nas áreas mais próximas deixariam suas diferenças de lado para unir-se contra o duque. Suas tropas seriam enviadas para rechaçar a vanguarda do exército ducal que se aproximava pelo leste (1.8), antes que a força principal os alcançasse.

Beligerantes

3 bts de soldados
2 bts de arqueiros
2 bts de cavaleiros

Tropas Lealistas

9 batalhões de Soldados Carnillean (500 homens, treinados; 6.000g)
9 batalhões de Arqueiros Carnillean (500 homens, treinados; 6.000g)
9 batalhões de Cavaleiros Carnillean (500 homens, treinados; 6.000g)

Soldado Carnillean

Pontos Vitais: 280
Ataque: 400 (760) (840 contra unidades pesadas)
Defesa: 300 (660)
Resistência: 200 (320)
Agilidade: 100 (120)

Arqueiro Carnillean

Pontos Vitais: 280
Ataque: 100 (475 em combate corpo a corpo)
C. a Distância: 300 (750)
Defesa: 200 (220)
Resistência: 200 (280)
Agilidade: 200 (300)

Cavaleiro Carnillean

Pontos Vitais: 280
Ataque: 400 (720) (800 contra unidades pesadas)
Defesa: 300 (810)
Resistência: 200 (400)
Agilidade: 100 (130)

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sab Maio 28, 2016 9:34 am

Apesar do plano dos beligerantes, a infantaria de Louis mostraria-se forte o bastante para resistir até a chegada do restante do exército. Os inimigos seriam derrotados e o território ocupado, a punição dada às famílias dos nobres capturados seria semelhante à anterior, porém eles próprios seriam executados por conta da conspiração para conter o avanço do duque. Mais um quarto de Köln ficaria sob seu poder.

Mortos

150 lealistas (soldados Carnillean)
350 beligerantes

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sab Maio 28, 2016 9:39 am

Em Porz, a exploração continuaria. Os colonos avançariam ao sul, em busca de novas riquezas, mas não as encontrariam, entretanto, a ocupação se estenderia um pouco mais (à região 1.8), duplicando a área da colônia. Dez mil novos colonos seriam enviados a ilha.

Gastos: 40 mil moedas

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Seg Maio 30, 2016 7:17 pm

Instalado seguramente nas regiões orientais de Köln, Louis enviaria mais batedores e espiões para descobrir informações sobre o inimigo. As áreas mais próximas seriam de fácil acesso, mas colinas rochosas tornariam a região mais afastada (1.1) uma incógnita.


  • 1.5: A maior porção do território, e também a mais rica. Disputada por 6 viscondes beligerantes;
  • 1.4: Um pequeno pedaço de terra junto à costa, que apesar de não muito rico fornece bons locais à instalação de portos. 6 senhores disputam-no;
  • 1.3: Disputado por 6 barões;
  • 1.2: Disputado por 2 barões e 6 senhores;


_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Ter Maio 31, 2016 2:31 pm

Louis pleitearia junto ao bispo de Reims a excomunhão dos nobres que participavam do conflito em Köln contra seu suserano, e conseguiria. A ação seria ratificada pelo Sumo-Sacerdote de Entrana, mas o bispo ficaria receoso, pois possuía ligações com algumas das famílias envolvidas. Depois disso, ele retornaria ao novo território, dando continuidade à sua conquista e derrotando 6 viscondes nas regiões centrais (1.5).

A excomunhão dos aristocratas e as vitórias do que corroborariam à debandada de soldados e à prisão de beligerantes (nas zonas 1.4, 1.3 e 1.2) por seus próprios servos e cavaleiros, que entregariam-nos a Louis. As punições aos capturados seriam as mesmas dadas aos primeiros nobres rebeldes. A região mais afastada ainda permaneceria uma incógnita, bem como o que acontecia aos doze senhores que haviam se dirigido a ela.

Beligerantes

450 mortos

Lealistas (Sobreviventes)

8 batalhões de Soldados Carnillean (400 homens, treinados; 4.800g)
8 batalhões de Arqueiros Carnillean (400 homens, treinados; 4.800g)
8 batalhões de Cavaleiros Carnillean (400 homens, treinados; 4.800g)

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Ter Maio 31, 2016 8:40 pm

Com o isolamento da dúzia de pequenos senhores no ocidente de Köln, Louis colocaria seus navios e sentinelas para rondar as fronteiras e a costa a fim de impedir que eles tivessem acesso a o que quer que seja fora dali. Então começaria a estabelecer sua autoridade na região. O assentamento de dez mil colonos seria custeado pelos cofres ducais, além da instalação de um porto e toda a estrutura necessária à atividade de caça e pesca no novo território. 2 mil e 500 outros viriam por conta própria, atraídos pelas oportunidades da terra virgem.

Metade das forças trazidas de Reims seriam enviadas de volta, onde a necessidade era maior. O Senhor de Carnillean retornaria também à seu castelo, do outro lado do Donha. A autoridade seria oficialmente entregue a Sor Theodor Leinigen, um cavaleiro leal e fielmente ligado ao duque, que já lhe prestava serviço há mais de duas décadas, nomeado cônsul, detentor de plenos poderes em Köln e sujeito apenas à mercê ducal.

Gastos: 17 mil moedas

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qua Jun 01, 2016 2:20 pm

O Ministro Arkay enviaria um emissário a Reims, para solicitar ao Duque Louis permissão para estudar os territórios de Porz e Köln. O Carnillean aceitaria de bom grado, comprometendo-o a dar a Reims, em troca, todo o conhecimento e as descobertas importantes das pesquisas feitas, além de uma parte nos lucros resultantes delas e da verba do ministério, que serviria de compensação à exploração de suas terras e seria reinjetada na defesa do território contra os ogros.

**O pagamento advindo da verba do ministério não é ilegal, ele faz parte dos gastos oficiais apresentados à Chancelaria e é um pagamento aos cofres de Reims (e não ao bolso do duque) pelos direitos de exploração do território. Só para constar.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qua Jun 01, 2016 2:42 pm

Com a diminuição do risco de hostilidades em Köln, Louis viajaria com seus três filhos, dois garotos e uma garota, em direção a Ardonha, para visitar a Princesa Constance e rever Gaston, seu primogênito e agora duque de Amiens, que também se dirigia à capital para prestar seus juramentos. No caminho, ele passaria por Yanille e negociaria com o Grão-Duque Gérard Nièvre um acordo:


  • Marie Louise, a pequena filha de Louis, seria prometida a Freud Nièvre, herdeiro do Grão-Ducado de Yanille, um garoto de oito anos;
  • Reims e Yanille firmariam um pacto de defesa mútua, ataques a um seriam tidos como a ambos. Isso serviria principalmente à defesa contra a ameaça ogra no sul;
  • Quando os filhos se casassem (daqui há uns 10 anos), Freud receberia férteis terras no norte de Reims como dote, além de títulos;
  • A assinatura de tratados comerciais entre as duas províncias seria feita (a rolar dados para os produtos...);
  • A cordialidade e a parceria entre Reims e Yanille seria grandemente fortalecida;


Louis e sua hoste tornariam ao caminho da viagem. Seus emissários, que iam à frente, receberiam ordens para marcar uma audiência com os duques-irmãos de Piscatoris, que ali contratavam mercenários e arrebanhavam cavaleiros livres para ajudar na defesa de suas terras no longínquo setentrião.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qua Jun 01, 2016 4:45 pm

Anne começaria a sentir-se estranha, e depois de algum tempo descobriria que estava novamente grávida. O resultado da última visita de Louis..., pensava. Um ancião vidente diria-lhe que esperava por duas filhas, mas não falaria nada sobre o que viria depois, deixando-a com certa angústia. Aves mensageiras seriam enviadas a Reims e Amiens para que Louis e Gaston soubessem da gravidez.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Jun 03, 2016 2:09 pm

Ao chegar a Ardonha, Louis reuniria-se com os irmãos Hardi, todos os três duques de territórios em Piscatoris, assolado por uma horda de seres estranhos e poderosos. Ele ofereceria sua ajuda para defender os piscatorinos e expulsar os inimigos, mas em troca pediria um casamento para seu terceiro filho, Alain Auguste, com uma filha do mais velho dos Hardi, e, como dote, terras e títulos na península, que seriam regidas por Louis até a maioridade de Alain, embora o casamento em si só fosse acontecer quando os prometidos tivessem a idade adequada.

Os irmãos recusariam, afirmando que Louis seria obrigado a marchar contra a horda de qualquer forma acompanhando a hoste do Chanceler, que partiria em breve de Ardonha para rechaçar os bandosianos que saqueavam no noroeste de Kandarin. Ele discordaria, e ofereceria-se para contratar mercenários nos portos de Catherby e Yanille, cujo custo seria dividido entre os eles, e os levaria em sua frota, tornando a chegada de reforços muito mais rápida, mas os duques permaneceriam impassíveis e recusariam outra vez. Louis os censuraria e afirmaria que Piscatoris duraria pouco na situação atual, pois os bandosianos e fremenniks seriam prioridade do governo central e se retiraria.

O duque de Reims dirigiria-se então ao Castelo de Ardonha, onde assistiria às cerimônias de juramento de seu filho, Gaston, à princesa Constance Ardignas, a última de sua linhagem e por direito herdeira do trono de Kandarin, na condição de duque de Amiens. Ele também resolveria questões triviais relacionadas à acomodação e educação dela com seu primo, Damien Carnillean, e deixaria seu segundo filho, Charles Guillaume, na corte como protegido de Damien, para que ele fosse criado próximo da princesa e se tornasse um companheiro íntimo.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Jun 03, 2016 2:18 pm

O duque passaria uma semana na corte da Princesa Constance, participando de cerimônias com os demais cortesões para avaliar a composição atual do grupo de puxa-sacos reais e continuaria sua viagem após isso, até Catherby desta vez, onde ele e o casal de filhos que ainda o acompanhavam se encontrariam com Anne.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Jun 03, 2016 2:58 pm

A exploração de Porz continuaria intensamente. Novas riquezas (gemas e lenha) seriam descobertas ao sudoeste da atual área de ocupação (1.7, 25.000km²), e Louis, através de aves mensageiras, de pronto concordaria com o envio de mais colonos e a instalação da estrutura necessária à administração e à atividade extrativista. A nova província teria um governante autônomo em relação a Rupert Carnillean, e seria chamada de Ensen por Louis.

Gastos: 37.500 moedas

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sex Jun 03, 2016 7:16 pm

Gaston retornaria a Amiens com sua família para resolver assuntos internos.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Sab Jun 04, 2016 9:43 am

Em Catherby, Louis receberia a notícia da gravidez de sua esposa por ela própria, mas depois acabaria sabendo também sobre a morte do Chanceler Terrance e sua nomeação, pelo Senado, à Regência de Kandarin em nome da Rainha Constance, como agora seria chamada. Relutantemente, ele comunicaria seu pesar pela morte daquele que chamaria de um grande defensor da pátria de nossa gente e anunciaria as primeiras medidas de seu governo para trazer estabilidade e defender os territórios ameaçados:

1 - Elevaria Porz, Ensen, Köln, Corse e Avaux ao status de províncias, para que tivessem representação no Senado, além de exigir o envio dos senadores de Bonn, Piscatoris, Zadar e Strana;
2 - Restituiria à Igreja a posse de templos, mosteiros e abadias capturados no caos da guerra, mas criaria a obrigação da parte dela de pagar impostos aos cofres (1.000g por província em Kandarin);
3 - Ordenaria os chefes de todas as casas nobres que governavam províncias se reunissem em Ardonha até o fim do outono para a realização de uma reunião que trataria de política, administração e defesa;

O Duque de Bruxedos apreciaria as decisões do Regente, e concordaria com a elevação de Porz, Ensen e Corse ao status de províncias, mas não Köln e Avaux por suas ínfimas significâncias ao reino, além de ratificar a cobrança de impostos à Igreja, porém desaprovaria a convocação das casas nobres por enxergar que seria perigoso demais, após o assassinato do Chanceler, que toda a nobreza do reino fosse reunida num só lugar, e o Senado seria unânime, mantendo o veto ao item 3.

Os senadores das províncias antigas e novas seriam enviados a Ardonha, concluindo a formação parlamentar, agora com 34 representantes.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Seg Jun 06, 2016 2:57 pm

Por conta de sua nomeação à Regência de Kandarin, Louis faria uma viagem política, travestida de diplomática, a Entrana, na qual reuniria-se com o Príncipe Anlaf, Gaston (seu filho), Ceril Carnillean, em exílio, e o Sumo-Sacerdote de Entrana, Friedrich von Hansen. Entre os temas da pauta, estariam:


  • A proposta de venda da Marca de Hothenville a Gaston Carnillean, recusada por Anlaf, que, no entanto, afirmaria seu desejo de presenteá-la futuramente, quanto assumisse o trono, à sua filha Marie Françoise, esposa de Gaston;
  • A abdicação de Louis à Marca de Lyon, que seria assumida por seu filho, Gaston, e seu desligamento de quaisquer questões políticas e militares em Asgarnia para dedicar-se inteiramente a Kandarin;
  • A proposta de Ikov para a recuperação das colônias em Karamja, outrora pertencentes a Kandarin e Asgarnia, mas conquistadas à revelia pelo Tai Naara. Anlaf aceitaria os termos em nome de Asgarnia, e os planos teriam o aval da Igreja;
  • A excomunhão do Marquês de Brigdenwall, nobre de Misthalin cujos domínios se localizariam a leste de Lyon, do outro lado do Lum, por um suposto crime de heresia. O Clero deveria pregar a favor de seu exílio e da ascensão de uma nova dinastia, que fosse de fato fiel à fé e não fosse conivente com a usurpação de posses sacras (resultado da ação: a maioria da população passa a apoiar a execração do marquês, pública ou sigilosamente);
  • Como adendo à recuperação das colônias em Karamja, o Bispo de Sarim deveria incentivar a Duquesa Margareth Saxe a casar-se novamente, com o filho mais velho de Anlaf, porque sua morte criaria uma crise dinástica no ducado, o que traria graves prejuízos à atividade colonial e à economia de Asgarnia como um todo. Sua viuvez e a perda de seus filhos, na guerra contra Naara, faziam-na uma mulher muito cobiçada, que logo perderia a fertilidade, e chefes desalinhados não poderiam assumir (resultado: a duquesa humilharia o bispo e o expulsaria de seu palácio. Não desejava casar-se com o que ela chamaria de "crianças" e muito menos acataria conselhos da Igreja para sua vida íntima);
  • Gaston pleitearia ao Príncipe Anlaf sua nomeação à chefia do Erário Real de Asgarnia (do Norte), com o apoio do pai, do tio e a benção do Sumo-Sacerdote. O príncipe não aceitaria de imediato, porém prometeria avaliar a proposta e dar uma resposta ao genro em breve;


Depois da reunião, Louis, Gaston e Ceril jantariam juntos na mansão que o antigo Duque de Calais recebera na Ilha Sagrada como presente do Sumo-Sacerdote. Eles falariam por longas horas sobre a situação de Kandarin, Louis também elogiaria o governo de Philipe em Calais, afirmando que seu sobrinho era um rapaz muito competente e estava conseguindo bons resultados, no entanto seria ainda o arauto de uma notícia infeliz: a morte de Henryeta, o que deixaria Ceril abalado. Gaston retornaria a Asgarnia com sua esposa e filho na frota do Príncipe Anlaf, que dirigia-se a Sarim, e Ceril decidiria acompanhá-lo para conhecer Lyon e a corte asgarniana. O Regente de Kandarin velejaria na direção oposta, rumo ao porto de Amiens.

Logo em seu desembarque, Louis ordenaria a publicação de uma Ata Régia, distribuída e lida em todas as regiões de Kandarin, na qual se falava sobre sua abdicação à Marca de Lyon, território conquistado em seu nome em Asgarnia, reforçando que não havia interesses dos Hothensen em Kandarin e não haveria o contrário da parte dos Ardignas e Carnillean. O regente dirigiria-se à capital.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Ter Jun 07, 2016 9:44 pm

A comitiva de Anlaf desembarcaria em Sarim, e o príncipe visitaria o palácio da Duquesa Margareth Saxe. Por causa da reação agressiva em relação aos conselhos do bispo, o assunto tratado nas audiências referiria-se à retomada da colonização em Karamja e à linha sucessória da duquesa, insatisfatória na visão de Anlaf. Ela ofereceria um banquete em homenagem ao príncipe, mas o que de fato lhe agradaria seria a presença de Ceril Carnillean. Eles acabariam passando a noite juntos, e o duque exilado seria convidado a passar algum tempo no palácio e conhecer a região, convite este que seria aceite de pronto. A viagem a Lyon seria deixada de lado, e Gaston seguiria para sua herança apenas com a esposa e o filho, enquanto Anlaf dirigiria-se a Faladore e, posteriormente, Burthorpe.

Não demoraria muito para que o resultado da noite de amor fosse sentido: Ceril a engravidara. O casamento seria apressadamente arranjado para o mês seguinte, a fim de evitar o escândalo na corte sarimesa.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qua Jun 08, 2016 2:28 pm

A chegada de Louis em Ardonha seria cautelosa. Ele evitaria discursos e aparições públicas, e receberia nobres e funcionários da coroa individualmente em seu escritório. Os ritos da corte seriam restabelecidos, e a antiga sala do trono restaurada, na qual Constance seria educada para aprender a fazer jus à sua posição, como Rainha de Kandarin. O uso de provadores se tornaria obrigatório, e nem Constance, nem os Carnillean, comeriam ou beberiam antes dos outros em quaisquer que fossem as circunstâncias.

A segurança da família real e dos interesses nacionais se tornariam coisas de primeira importância. O Centro de Operações seria reformado e receberia melhorias, além da completa revisão de seu quadro de funcionários: os antigos seriam eliminados e substituídos por homens de confiança de Louis. Arquivos secretos, trancafiados com poderosos selos mágicos criados pela Guilda dos Magos, seriam criados e a colaboração entre Ikovia e Kandarin no que tange à espionagem deixaria de ser tão irrestrita.

Os novos agentes seriam infiltrados por toda parte na capital e enviados a todos os rincões de Kandarin.

Gastos: 928 mil moedas de ouro
Centro de Espionagem sobe para o nível 8
Pontuação: 80 pontos de contraespionagem

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 18

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   Qua Jun 08, 2016 2:48 pm

Louis e Ceril começariam a trocar um intenso fluxo de cartas. O irmão mais jovem, em Ardonha, saberia da gravidez da duquesa de Sarim e do casamento, pedindo a Ceril que a festa fosse celebrada em Entrana, pois uma visita a Asgarnia naquele momento seria pouco cômoda, e este aceitaria. Ceril também ajudaria seu irmão, negociando com os Cavaleiros do Templo e conseguindo que eles trabalhassem por objetivos comuns.

Agentes dos Cavaleiros do Templo seriam enviados à região rebelde de Köln e aos territórios controlados pelo grupo de feiticeiros zamorakianos chamado vulgarmente de Imz. Poucas novidades seriam descobertas na nova região: os nobres pretendiam manter-se autônomos do governo de Kandarin, mesmo que para isso usassem riquezas conseguidas sob a suserania de Louis em Reims e colonos súditos do duque. Já quanto ao Imz, dissensões latentes entre seus dirigentes seriam descobertas, porém nada capaz de provocar, nas condições atuais, um conflito aberto em seu seio.

Insatisfeito, Louis ponderaria sobre suas opções. Navios de guerra seriam enviados à costa de Köln para intimidar os rebeldes locais, mas tanto plebeus como soldados permaneciam obstinadamente fiéis aos doze senhores que os governavam, e por isso ficariam sob intenso bombardeio da frota luísia. Tropas seriam preparadas para acossá-los em terra. Na capital, o Regente pediria relatórios sobre a situação de Piscatoris, e a leitura deles seria infeliz: metade das forças dos duques-irmãos Hardi já havia sido aniquilada pela horda airut e o restante ou estava defendendo fortalezas sob cerco ou fugira para as florestas em busca de guarida dos centauros.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Serviço de Monsenhor   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Serviço de Monsenhor
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» GM05 - DC-3 Cruzeiro do Sul - Minicraft - 1/144 Finalizado
» Para onde vou?

Permissão deste fórum:Você pode responder aos tópicos neste fórum
Reinos de Guilenor :: Saga 1 - Guilenor :: Interpretações-
Novo Tópico   Responder ao tópicoIr para: