RPG no universo de Guilenor
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Notícias da Saga

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Qui Fev 25, 2016 2:14 pm

O Sumo-Sacerdote Gregório tornaria oficial a associação de Entrana com a Companhia dos Anjos, que passaria a ser o braço militar da Igreja de Saradomin e a principal defensora de seus interesses. A ordem seria consagrada pelos principais bispos e arcebispos saradoministas, além do próprio Sumo-Sacerdote, e teria seu nome alterado para Ordem dos Gládios da Fé.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Dom Fev 28, 2016 10:01 am

No dia seguinte à morte do rei Thoros, a rainha Anne Ardignas seria morta a facadas por um fanático que servia aos cortesãos do castelo. Temendo pela vida da princesa Constance, Ceril Carnillean fugiria de Ardonha na calada da noite, em direção a Calais, onde reuniria seus vassalos e exigiria que o Senado e o Chanceler reconhecessem sua autoridade de Regente, investido desse poder pelo rei Thoros através de seu testamento, além de exigir a saída de Terrance do cargo e a renovação do Senado. A facção dos lealistas no Senado ficaria dividida, e travaria uma disputa ferrenha com os oposicionistas para tomar uma decisão.

Terrance criticaria Ceril publicamente, chamando-o de covarde e criminoso, por fugir na calada da noite e sequestrar a herdeira do trono. Sua popularidade entre as classes pobres da capital permitiria que ele enviasse suas tropas e ocupasse o prédio do Senado, suspendendo o Parlamento e outorgando uma nova Carta Magna, que lhe dava a autoridade de Lorde Protetor de Kandarin, Regente do Trono e Tutor da Princesa. O  comando dos Cavaleiros de Ardonha seria substituído por homens fiéis a Terrance, que ganharia também o apoio dos Paladinos, devido à sua aliança com Peter Krugel, o falso Sumo-Sacerdote, muito embora esta fosse dissimulada e mantida por uma tênue concordância entre os dois.

Toda Kandarin seria convocada pelas facções a declarar seu posicionamento. O Chanceler contaria com o apoio da Igreja de Kandarin, da Casa Laennish dos Duques de Bruxedos, da Casa Adolphus do Ducado de Bonn (dentro do Território Real de Ardonha), dos Cavaleiros de Ardonha, dos Paladinos, além de todos os vassalos do Território Real de Ardonha no norte da província. Ceril contaria com o apoio dos partidários da Igreja de Entrana, da Casa Carnillean dos Duques de Reims, da Casa Carnillean dos Duques de Amiens, da Casa Nièvre dos Grão-Duques de Yanille, da Casa Valois dos Duques de Troyes, da Casa Sinclair dos Grão-Duques das Terras dos Videntes, da Casa Valls dos Duques de Hemmenster, da Casa Emsberg dos Duques de Bremen e da Casa Holland dos Duques de Hagen (ambas no Território Real de Ardonha). Os irmãos Hardi, cada um duque de um território em Piscatoris, declarariam-se neutros, bem como o Marquês Garibald Alpin da Ilha Anzolina e o Duque François Blancville de Aglarost, que sofreria fortes pressões dos Carnillean e dos Valois devido ao acordo firmado entre os ducados do norte.

Sebastian Höxter, Grão-Duque de Brakel, território sul da Província Ardonhense, seria assassinado por partidários de Ceril e os duques de Hagen, Calais, Bremen e Bonn passariam a exercer a autoridade sobre suas terras do modo como lhes aprouvesse. Hostilidades começariam a surgir em todo o reino de Kandarin, e nobres de ambas as partes colocariam à mostra suas rivalidades, promovendo verdadeiros massacres nas fronteiras das províncias dos dois lados. Os bispos favoráveis à autoridade de Entrana começariam a pressionar Ceril a declarar-se publicamente favorável à permanência de Gregório e pedir o perdão e a comunhão de todos os nobres de sua facção, que enviaria emissários à Ilha Sagrada, tentando forjar uma aliança com Gregório para fomentar a unificação da Igreja em territórios aliados.

Gérard Nièvre ocuparia os territórios da facção inimiga em Karamja e Louis aceleraria seus planos de manipulação dos conflitos tribais para efetivar seu domínio em Kharazi tão breve quanto possível. Logo Kandarin mergulharia numa guerra civil sem precedentes, pois mesmo as maiores facções possuiriam nobres com opiniões divergentes, algumas até conflituosas, abrindo uma brecha para divisões ainda mais profundas.


Última edição por Sorondil em Sex Mar 04, 2016 12:14 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Dom Fev 28, 2016 11:17 am

Ikov receberia várias mensagens das facções, que se mostrariam inconformadas com a neutralidade, mesmo após as grandes concessões territoriais, chamadas de absurdas por Ceril Carnillean, mas não pelo Chanceler. Nenhuma ameaça direta seria dirigida a Ikov, e nenhum acordo vigente seria rompido, porém a insatisfação de ambos os lados ficaria clara. Louis também enviaria uma carta em separado, dirigindo-se ao Grão-Mestre dos Guardiões, na qual afirmava que pouco poderia ser feito por seu irmão e pelos aliados do mesmo se algum nobre se voltasse contra Ikov, embora ele próprio estivesse disposto a manter a aliança e ajudá-los como fosse possível, e que os territórios de Ikov agora corriam grande perigo.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Dom Fev 28, 2016 11:28 am

Surpresos com a reação do Príncipe Anlaf em relação aos saques bárbaros e sua conquista dos territórios de Gunnarsgrunn, os Kinshra, que esperavam atrair a atenção dos Cavaleiros Brancos, e não do Herdeiro do Trono, enviariam um emissário a Anlaf, para tentar negociar um acordo que garantisse a saída da ordem da ilegalidade e sua retomada à posição de destaque que ocupara no reino anteriormente, quando Anlaf assumisse o poder. Como desejava manter boas relações com os Cavaleiros Brancos, nada seria formalizado, mas o príncipe mostraria-se favorável ao fim do conflito interno em Asgarnia entre as ordens militares e prometeria tornar a ordem legal novamente e doar terras do norte a nobres alinhados aos Kinshra, se sua reivindicação à Regência fosse apoiada, politica e militarmente, se necessário.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Augusto
Lorde
Lorde


Mensagens : 256
Data de inscrição : 05/05/2015

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Seg Fev 29, 2016 11:55 am

Com a fragmentação política em Kandarin, até mesmo antigos aliados entre a nobreza viram oportunidades para crescer entre o caos. Condes, Duques e Barões mais ou menos independentes do Norte começaram a conspirar para tomar à força as terras que foram garantidas aos Armadyleanos, incitando seus vassalos à luta contra os hereges que usurparam seus direitos sobre aquelas terras, manipulando o antigo rei. Enquanto isso, outros nobres conspiravam invadir os santuários e colônias serenitas estabelecidas em suas terras, alegando os mesmos motivos. Vassalos seriam convocados e as tropas começariam a ser recrutadas nos condados vizinhos. Enquanto isso, o caos político gerara a efervescência de duas facções entre os gnomos. Alguns alegavam que a hora de recuperar o Império Gnômico era agora, para garantir o futuro do seu povo em meio ao caos causado pelos humanos. Outros acreditavam que era necessária a neutralidade nestes conflitos, e estabelecer vínculos comerciais e pactos de não-agressão com todos os lados envolvidos no conflito. Ambos os grupos pressionam as decisões na corte dos Reis da Aldeia e do Forte, e disputam por influência nos bastidores. Os saques fremennik prosseguiriam com a mesma intensidade e rapacidade no interior das províncias, e muitos acreditavam que uma nova Era das Trevas havia começado em Kandarin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Seg Fev 29, 2016 3:27 pm

As boas condições em que a princesa estava, além do decreto real feito por Thoros antes de sua morte, que dava a Ceril não só a regência, mas também a tutoria da herdeira do trono, tornariam-se públicas e os apoiadores do Chanceler seriam acusados de Alta Traição por compactuarem com homens desprezíveis que fizeram pouco para proteger o rei, a rainha e permitiriam coisas terríveis acontecessem à princesa se ela fosse deixada na capital. Os paladinos também seria acusados de quebrar seu juramento de proteger a Dinastia Ardignas, preferindo lutar contra o sangue real e a família da futura rainha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Ter Mar 01, 2016 3:33 pm

Ceril Carnillean enviaria, secretamente, dois homens, Ludwig Reinsen e seu filho, Fred, às montanhas de Arandar em busca do "reino" de Gor'tok. A viagem seria árdua e penosa, mas eles encontrariam um grande complexo de fortalezas que descobririam ser a "capital" do "reino" bandosiano. Lá eles negociariam com Kurog, conseguindo uma aliança, sigilosa e informal, com o mesmo, que prometeria manter os termos dos antigos acordos com Thoros, além de cessar os saques dos ogros no sul e voltar toda a fúria dos bandosianos contra o Chanceler, seus aliados e os nobres que se mantivessem neutros ao conflito, pedindo em troca a posse dos territórios que conquistassem. A preservação de Ardonha seria exigida pelos emissários, e aceite pelo general bandosiano. Eles retornariam, noticiando seus feitos a Ceril em privado. Depois disso nenhuma outra palavra sobre o assunto seria dita, no entanto, e nem mesmo registrada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 23
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Qui Mar 03, 2016 10:47 am

Emir Mirza e seus exércitos ao chegarem em Pollnivneach, se deparariam com a cidade totalmente destruída e completamente desabitada, eles também, não encontrariam rastos do que teria causado e para onde seus habitantes teriam ido. Com isso, o exército Al-Kharidianos continuaria sua marcha em direção a Menaphos e deixaria o Sub-Comandante Dastan Mirza encarregado de descobrir para onde o povo da cidade e os exércitos do Herdeiro iriam e o que planejariam, como também, lidar com eles. O Emir já enviaria batedores a frente de Dastan.

A situação em Sophanem mudaria completamente, com os membros do Primeiro Nomo e Sacerdotes de Elidinis vindos de Nardah fazendo uma intensiva para curar a praga de Sophanem, os nobres da cidade voltando ao interior dos seus muros e colocando ordem e enfrentando as feras da praga e os Magos do Primeiro Nomo, Sacerdotes de Elidinis e os Sacerdotes de Sophanem lidando com a origem da praga, a cidade e arredores (menos a região de Menaphos) ficariam eternamente gratos a Sacerdotisa Serqet e jurariam lealdade a qualquer causa que ela se comprometesse.

Em Menaphos a situação estaria estagnada, praticamente. Com as tropas do General Libertador Tutmés estacionadas no norte da cidade e esperando pela oportunidade certa e o Faraó Amon trancado em seu palácio, não teria muito o que se fazer. O povo estaria assustado e líderes civis levariam as pessoas aos poucos para fora dos seus muros, levando-as a aldeias e vilarejos na costa aonde tomariam abrigos nos fortes abandonados dos antigos vassalos do Faraó.

Os Dracmas permaneceriam a caça de Serqet, não tendo sucesso em encontra-la. Eles manteriam espiões em Nardah para tentar conseguir qualquer informação. Eles saberiam de boatos da Sacerdotisa apoiando Sophanem e fazendo trabalhos lá, porém, também ouviria boatos que ela poderia estar em outros locais variados.

Um dos Embaixadores de Ikov que teriam se estacionado em Uzer partiria para Nardah, aonde começaria a "se aproximar" do Emir e sua nobreza.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sex Mar 04, 2016 8:41 am

Ceril Carnillean enviaria emissários aos duques da Península de Piscatoris, os irmãos Hardi, e às tribos de centauros que viviam na região. Ele exigiria que os votos feitos à Casa Ardignas fossem cumpridos e eles apoiassem a causa de Ceril na guerra, para entronar a princesa e fazer valer a vontade do rei Thoros. As negociações seriam difíceis, e no fim os centauros recusariam-se a tomar um partido, pois desejavam que se estabelecesse a paz entre os saradoministas, enquanto os duques de Piscatoris, Strana e Zadar só aceitariam a aliança após receberem permissão para atacar a província do Pico das Águias, território que outrora pertencera ao pai deles, e apenas o último prometeria o engajamento total de suas forças, pois os dois primeiros possuíam temores em relação aos fremenniks e à raça estranha que surgiu nos bosques de Piscatoris e ofereceriam apenas a metade de sua força total. Os irmãos Hardi começariam a reunir seus vassalos para marchar contra o Pico.

No sul, Ceril enviaria a Princesa Constance Ardignas com seu filho, Philipe, e uma comitiva de Cavaleiros Carnillean e funcionários de sua casa a Yanille, onde instalariam uma espécie de governo provisório para o reino e instituiriam o Real Conselho de Regência, chefiado por Ceril e composto pelos duques e grão-duques de Kandarin, que assumiria funções semelhantes à Chancelaria e ao Senado. Estando a princesa a salvo, Ceril reuniria seus vassalos em Calais e uniria sua hoste às hostes dos duques de Bremen e Hagen, marchando na direção de Bonn, o grande reduto defensor do Chanceler no centro-sul de Kandarin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sex Mar 04, 2016 10:46 am

O Arquimago da Guilda dos Magos proibiria qualquer compartilhamento de pesquisas e livros da Guilda com o Instituto Armadyleano, pois Ikov apoiava o Chanceler e usaria os conhecimentos em prol dos inimigos da nação kandariniana, nas palavras do próprio Arquimago, ferrenho defensor de Ceril Carnillean e amigo íntimo do Grão-Duque Gérard Nièvre de Yanille. Estudantes e pesquisadores da guilda também seriam proibidos de envolver-se com o Instituto Armadyleano, sob pena de expulsão, confisco de materiais (pesquisas, artefatos livros e feitiços) e prisão. A Biblioteca e os arquivos da Guilda, onde todo o conhecimento acumulado na instituição estariam guardados, passariam por reformas e receberiam poderosos selos mágicos. O acesso tornaria-se ainda mais restrito, e com uma fiscalização extremamente rígida.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sab Mar 05, 2016 8:21 am

Os agentes dos Cavaleiros do Templo, que estavam espalhados por Kandarin desde os boatos sobre o alinhamento do rei Lathas, a praga e o retorno da Mãe Mallum, por instrução de Saradomin a Sir Vey Lance, começariam a buscar informações sobre apoiadores públicos de Terrance e informações que levassem a possíveis apoiadores secretos e traidores dentro dos territórios aliados a Ceril Carnillean. Eles serviriam-se de sua ampla rede de informantes e agentes infiltrados para alcançar seus objetivos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sab Mar 05, 2016 8:48 am

Os khans da Foice assinariam um acordo com os últimos khans do Gancho, cujo firmamento foi facilitado pela conquista de grande parte das ilhas desse arquipélago pelos khans da Caveira. Devido à ameaça que a expansão da confederação inimiga representava, os líderes do Gancho e da Foice aliariam-se para expulsá-la. Dois exércitos e duas frotas seriam preparados, sendo enviados a Qinmi, onde pretendiam tomar a ilha e conseguir um caminho seguro até Rei Ti, e a Beishang, onde tentariam libertar a ilha do domínio de Ai Jei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 23
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sab Mar 05, 2016 3:30 pm

Daelirn Cadarn, notando que precisava começar as ações dos Guardiões da Luz por algum lugar, reuniria os membros de tal ordem para uma reunião secreta.

Após a reunião, seria concretizado que usariam suas redes de espionagem e influência para procurar por influência Zarosiana em Kandarin. O objetivo seria ter uma noção do quão organizados os seguidores de Zaros estavam na região e começar a planejar seus próximos passos com estas informações.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 23
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sab Mar 05, 2016 3:34 pm

Na região de Piscatoris, notando o caos que estaria Kandarin, os Airuts começariam a se organizar em bandos de guerra. Estes bandos saqueariam e queimariam vilarejos e fazendas em áreas mais afastadas, eles usariam isso para chamar atenção dos seus "inimigos" para aonde desejavam, como também, reunir mantimentos para uma futura campanha.

Os Airuts, então, começariam a saquear caravanas de mantimentos dos nobres de Piscatoris, como armas, madeira, rocha e outros materiais básicos para a guerra.

Eles também faria saques aos vilarejos dos Centauros, os mais distantes no inicio.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Dom Mar 06, 2016 10:00 am

Com a ausência de Louis, Hector Carnillean seria pressionado pelos emissários de Ceril a convocar os vassalos em Reims e Amiens. O Grão-Duque de Yanille também convocaria suas forças, preparando a marcha de sua hoste para juntar-se à hoste de Reims até o Ducado de Amiens, onde seria feita a reunião de armas e decididos os planos de guerra. No entanto, grandes porções (40%) dos exércitos deveriam ser deixadas para trás, a fim de assegurar a defesa dessas importantes regiões do reino.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Qua Mar 09, 2016 9:24 pm

Com o apoio de Louis Carnillean, o príncipe Anlaf conseguiria convencer o conselho dos Cavaleiros Brancos, liderado por Sir Amik, a permiti-lo negociar com os Kinshra e, se obtivesse sucesso na negociação, entregar-lhe a gestão do norte do reino, para que a paz fosse garantida e Asgarnia pudesse se defender das ameaças externas. Anlaf também trataria do delicado assunto de reaver a legalidade dos Cavaleiros Negros no reino, fazendo com que concordassem que seria necessário fazê-lo para que eles largassem as armas. Após algumas semanas, a comitiva do príncipe, agora engrossada por uma escolta de Cavaleiros do Templo, seguiria para o norte, até a fortaleza kinshra na fronteira com a Terra Selvagem. Ali, ele e Daquarius negociariam e o Lorde Kinshra curvaria-se perante o filho de seu soberano, aceitando o fim da guerra.

Anlaf retornaria a Faladore, onde seria aclamado Herdeiro do Trono e receberia oficialmente o governo do norte. Os kinshra retornariam à legalidade, a capital seria instalada em Burthorpe, como era de se esperar, e ele formaria um conselho semelhante aos criados por Louis em seus ducados, escolhendo cuidadosamente nobres, guardas imperiais, kinshra e clérigos aos quais ele deveria dar ouvidos para manter seu território em estabilidade. Apesar de litigar uma cadeira ante ao príncipe, Anlaf não agraciaria Louis com tal posição, já que o mesmo era estrangeiro e o casamento entre sua filha e Gaston Carnillean ainda não havia sido realizado, muito embora simpatizasse com Louis e não tivesse dúvidas de suas habilidades.


Última edição por Matheus em Seg Jul 16, 2018 4:21 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Qui Mar 10, 2016 2:23 pm

Com a petição dos nobres e o ataque zogro à província de Reims, o Grão-Duque de Yanille manteria as tropas de seus vassalos no território, sem enviá-las ao norte. Ao invés disso, o apoio fornecido seria da Guilda dos Magos. Curandeiros e feiticeiros seriam enviados a todas as cortes aliadas a Ceril Carnillean, para ajudar na defesa dessas regiões e manter as lideranças aliadas seguras.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 23
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Dom Mar 13, 2016 12:54 pm

Com as informações claras da movimentação de um grupo de Zarosianos em Kandarin, os membros dos Guardiões da Luz reuniriam toda informação presente e entregariam a Daelirn. Após longas analises, ele notaria que não seria um mero grupo e sim uma organização complexa e grande.

Isso estabelecido, Daelirn enviaria agentes para Asgarnia e Misthalin, aonde procurariam por mais informações desta organização Zarosiana.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 23
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Ter Abr 19, 2016 1:37 am

Com os planos de batalha feitos, o Herdeiro Ahmad atacaria durante a noite os muros de Al-Kharid, utilizando de estratégias e táticas indiretas, atacando por vários lados e abrindo os portões da cidade para sua superioridade em cavalaria, mesmo com bons planos, os Al-Kharidianos defenderiam com suas vidas o centro próximo ao Palácio, levando consigo maior parte das tropas do Herdeiro.

Com pouco mais que um milhar de soldados profissionais um exército de milicia armada, Ahmad não teria nem capacidade de saquear uma aldeia do interior de Menaphos, e como uma provisão divina, as tropas Misthalintas viriam até as fronteiras, pedindo por uma reunião com o Herdeiro. Dalinor, como representante do Rei Roald, faria uma aliança e entregaria o contrato de um exército mercenário, prometendo a Ahmad a defesa de Al-Kharid com tropas Reais Misthalintas quando o Emir voltasse, Ahmad aceitaria sem pensar muito.

Enquanto isso, o Primeiro Nomo representado pela Sacerdotisa Serqet conseguiria resolver os problemas de Sophanem e rapidamente, pelos seus feitos em nome de Elidinis, Serqet seria recompensa com joias sagradas pelo Sumo-Sacerdote de Nardah.

Os Exércitos Al-Kharidianos chegariam a Passagem de Shantay e seriam barrados por formações Misthalintas, notando as hostilidades, os soldados do Emirado atacariam com força. Dias de batalha aconteceriam e nenhum lado vencedor estaria claro, porém notando que os Misthalintas tinham os números, o Emir recuaria suas tropas e fugiria para Nardah, pedindo por abrigo de seu aliado, como pagamento, se casaria com uma das filhas do líder de Nardah.

Com os exércitos mercenários, Ahmad marcharia em direção de Menaphos. Na metade do caminho, Dalinor convenceria Rei Roald e eles tomariam Al-Kharid sem resistência, anexando a Misthalin. Alguns dias antes de Ahmad chegar aos muros de Menaphos, o General Libertador Tutmés tentaria tomar por assalto o Palácio, aonde o Faraó se escondia, porém, seria surpreendido por uma horda de mortos-vivos saindo de todos os buracos e de dentro do Palácio, como também, fogo de magos dos muros do centro do poder faraônico. Uma batalha árdua estouraria, com constantes avanços e perdas para ambos os lados, até que, o Faraó ordenaria que o seu segundo plano fosse ativado, que seria, ativar os explosivos mágicos no subsolo da rota direta ao Palácio, que visaria eliminar 1/3 dos exércitos do General, porém, as explosões falhariam em sua maioria e não causariam perdas significativas.

Algumas horas após as explosões, os exércitos de Ahmad atacariam todos que estariam em batalha aos portões do Palácio, a forma imprevista e surpreendente acabaria por levar milhares de homens do general e lacaios do faraó a morte, ou, a morte novamente.

A vitória seria de Ahmad sem muitas baixas, quando, o Rio Elid se levantaria e enormes ondas atravessariam as ruas da cidade de Menaphos, principalmente, em direção do seu centro e o local aonde estaria acontecendo a batalha, e graças aos diques que Serqet teria ordenado a construção, a água não invadiria Sophanem. Essa inundação ficaria para a história, aonde levaria 3/5 de todos os exércitos que teriam na cidade, deixando um caos por onde passasse, oficiais mortos, soldados sem ordens e comandantes perdidos em batalha, seria quando, as tropas conjuntas do Primeiro Nomo, Filhos de Elidinis, Miliciais Armadas de Sophanem e os Scabaritas atacariam Menaphos. As forças, comumente chamadas de forças Sacerdotais, por superioridade numérica empurraria as forças do Herdeiro e do Faraó para posições defensivas em cantos e becos, porém, poupariam completamente as forças do General Tutmés. Notando que aquela batalha ainda poderia durar por muitos dias, a Sacerdotisa Serqet convenceria o General Tutmés que o Herdeiro poderia tomar conta do trono de seu pai, e então, convenceria o Herdeiro que o General era útil a sua causa, então, tomariam com facilidade o Palácio e matariam o Faraó em batalha.

No dia seguinte, e graças a falta de segurança pelo ainda caos do pós-batalha, o General Tutmés apareceria morto por um grave caso de adaga na garganta, os soldados do General declarariam que teriam capturado o assassino e seria um lealista do ex-Faraó. A maior parte das forças que teriam sobrado seriam de ex-vassalos e companheiros do General, estes, declarariam suas lealdades a Sacerdotisa Serqet e ao futuro Faraó. A coroação seria marcada para uma semana.

No final das contas, as forças Sacerdotais teriam 5/10 da presença militar em Menaphos, as ex-forças do General seriam 2/10 e as forças mercenárias de Ahmad seriam 3/10.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mairon
Lord of The Shadows
Lord of The Shadows
avatar

Mensagens : 809
Data de inscrição : 08/05/2015
Idade : 19
Localização : Reino das Sombras

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Ter Maio 03, 2016 6:31 pm

Em Karamja, após uma reunião entre os oficiais Asgarnianos e os oficiais de Karamja Central, o Tai Naara reúne suas forças de toda Karamja, e lança uma série de ataques contra os domínios Asgarnianos e Kandarinianos. Os representantes de Ikov conseguem manter seus domínios fora da guerra pela supremacia do povo Karamji, enquanto Kandarinianos e Asgarnianos eram expulsos por mar, ou brutalmente massacrados nas selvas de Karamja. Após a expulsão ser uma total vitória para o Tainado de Ekhaya, Karamjis que ainda apoiavam os antigos domínios expulsos, que se mantinham contra o Tai, decidem formar uma resistência, recebendo apoio de Kandarin e Asgarnia, e formam o Reino Unido de Khayakiri. Uma série de ameaças e avisos eram dados pelo Tai, mas todos ignorados com resistência dos Tais que agora comandavam Khayakiri.

(Posto o mapa político-territorial mais tarde)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sab Maio 21, 2016 1:16 pm

Com as negociações de Louis, o Conclave de Entrana afastaria o Sumo-Sacerdote Gregório, convocando novas eleições. Eles também reconheceriam o erro nas ações de Sua Santidade quanto a Auvergne e Kandarin forçando-o a retratar-se e intimando o clero de Kandarin que mantinha-se fiel ao anti-santo Peter Krugel a abandoná-lo, recebendo assim o perdão de Entrana e renovando suas comunhões para que participassem da eleição e a reconhecessem. A retratação oficial da Igreja e a convocatória da escolha de um novo alto-clérigo seria suficiente para que a grande maioria dos bispos e abades kandarinianos, até então protestantes, voltasse a se sujeitar aos Sacramentos Entranianos, embora um grupo menor ainda apoiasse Krugel. Candidatos de todas as partes despontariam aqui e ali, e Louis escolheria seu favorito: Friedrich von Hansen, bispo de Reims.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sab Maio 21, 2016 10:18 pm

Com a forte articulação política de Louis Carnillean, o bispo de Reims, Friedrich von Hansen seria eleito Sumo-Sacerdote de Entrana pelo Conclave dos Cardeais, assumindo sua posição numa cerimônia solene na presença de inúmeras figuras saradoministas importantes. Ele cumpriria os compromissos estabelecidos pela Igreja para com Kandarin e a reunificação da Fé Saradominista, além de reordenar o clero em todas as províncias para garantir a ordem e estabilidade da instituição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Dom Maio 22, 2016 10:54 am

Boatos de que o (falso) Sumo-Sacerdote Peter Krugel guardava profundos ressentimentos do Chanceler Terrance por ele ter despojado seu irmão, Edmund Krugel, do ducado de Bruxedos e pretendia matá-lo para tomar o poder com o aval dos Paladinos começariam a circular pelo clero de Kandarin, caindo rapidamente na boca do povo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Qui Maio 26, 2016 9:07 pm

Numa reunião convocada pelo rei Erik de Ikovia em Minerália, uma pacata ilha neutra no mar do sul, monarcas e líderes dos principais reinos discutiriam assuntos de grande importância. O primeiro tema da pauta seriam as falsas alegações sobre uma suposta pretensão de Asgarnia à anexação do norte de Kandarin, duramente refutadas por Louis, que exigiria o reconhecimento do governo e instituições de Kandarin ante aos demais como fato comprobatório dessa falsidade, o que seria concedido. Um pacto defensivo seria selado contra as ameaças advindas das Terras Selvagens entre Ikovia, Asgarnia e Misthalin e a ordem dirigida por Daelirn. Kandarin posicionaria-se como neutra, pois não poderia se envolver em conflitos externos antes de solver questões internas mais graves, a menos que algo ameaçasse suas próprias fronteiras.

Depois, Daelirn traria ao centro da discussão um dragão que devastara amplas áreas em Catherby e continuava atrapalhando o comércio no Golfo de Crandor, prejudicando todos os reinos, solicitando o envio de uma missão para exterminá-lo na ilha de Crandor. Cada líder nomearia seus campeões: Sor Berthold Leinigen, por Louis e pelos Carnillean, Sir Nigel Corothers, por Burthorpe e pelos Hothensen, Sir Bertrand de Beauchâteau, pelos Cavaleiros Brancos e por Asgarnia, Conde Dalinor Arvos, pelo Rei Roald e por Misthalin, Conde Arkay von Dunkel, por Kandarin, Lorde Daelirn Cadarn, em nome dos Guardiões da Luz, Sir Jean-Charles Benett, pelos Kinshra, e, mais curioso e talvez importante, o próprio Rei Erik Adler de Ikovia, que achava desonroso enviar homens em seu nome, enxergando isso como uma negação de seu verdadeiro dever: viver para servir ao seu povo.

A missão seguiria em dois galeões oferecidos por Louis, que em sigilo teria dado aos capitães ordens expressas para explorar e mapear a ilha, além de ordenar que um dos navios velejasse imediatamente a Troyes em caso de vitória, para que a notícia chegasse aos ouvidos de Anne Valois e aos seus.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus
Tar-Atanion
Tar-Atanion
avatar

Mensagens : 2725
Data de inscrição : 04/05/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   Sex Jun 03, 2016 7:40 pm

Como planejado, os Cavaleiros do Templo voltariam suas atenções à espionagem externa. 90 pontos (de um total de 120) seriam investidos nas ações, e os agentes de campo receberiam suas instruções através de intermediários para que se garantisse que não soubessem nada sobre os mandantes.

_________________
Saradomin salve Sua Graça, Louis Guillaume von Carnillean, Rei de Kandarin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Notícias da Saga   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Notícias da Saga
Voltar ao Topo 
Página 2 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Alguém tem notícias do Andy?
» [Comentários] Saint Cloth Myth EX - Saga de Gêmeos Surplice
» [Imagens] Saga de Gêmeos
» [Comentários] Folei: Túnica Saga de Gêmeos Renegado EX
» [Comentários] Metal Club Toys - Saga de Gêmeos EX

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Reinos de Guilenor :: Saga 1 - Guilenor :: Interpretações-
Ir para: