RPG no universo de Guilenor
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 O Rei Negro no Reino Branco

Ir em baixo 
AutorMensagem
Diógenes
Lorde
Lorde
avatar

Mensagens : 275
Data de inscrição : 05/05/2015
Localização : Infernus

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: O Rei Negro no Reino Branco   Sab Jul 22, 2017 1:44 pm

Cyrus receberia duas visitas... Interessantes, logo após sua coroação. A primeira visita seria de Lorde Daquarius, o qual pediria para que os Kinshra sejam novamente aceitos como um dos braços armados de Asgarnia. Após uma breve conversa, o pedido do Lorde Kinshra seria concedido. Ele sairia, mas não antes de deixar uma dica sobre a suserania de Burthope...
A segunda visita seria do druida Pikkupstix, de Taverley. O mesmo pediria que um dos seus seja apontado como representante dos Descrentes no Conselho Asgarniano. O escolhido seria Thaerisk Cemphier, da Crux Eqal.

_________________
“We shall arise. We shall consume. You shall be subjugated, or be destroyed. The Dominion has come to light, and shall block out the sun that shines over your universe. The shadow that will be cast over your souls shall be that of death. All you can do is watch your world crumble. Resistance is indeed unsubstantial. You may not fear us... But that will be your fatal flaw. What will you do when we stand to eclipse your 'might'? We will rest assure that there shall be no place to hide... No stone not turned.

Tur'ina'iad a'eldgar kal'tor thr'ranach. We declare war.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diógenes
Lorde
Lorde
avatar

Mensagens : 275
Data de inscrição : 05/05/2015
Localização : Infernus

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Rei Negro no Reino Branco   Sab Jul 22, 2017 1:52 pm

Durante um dia corriqueiro em Asgarnia, uma reunião do Conselho seria convocado pelo Rei Cyrus Hothensen. O assunto discutido na reunião seria sobre uma maneira de fazer o povo retomar sua confiança ao governo, após o fatídico incidente um ano atrás, envolvendo Aesur Riraldeu e Simon Mercer.
A discussão levaria a uma conclusão: As cerimônias de juramento de lealdade dos Cavaleiros Brancos e dos Cavaleiros do Templo seriam levadas para o Salão de Festas de Faladore, para que todo o povo possa assistir. Os druidas seriam encarregados das defesas, e Cyrus poria como prioridade o posicionamento de luz sagrada por todo o Salão.
Aproveitando-se da reunião, Daquarius levaria ao rei e ao Conselho o fato de Hothenville, Rimmington e Burthope não possuirem suseranos atualmente. O rei escolheria como suseranos, respectivamente, Lorde Sebastian Lacroix, Sir Vant e Lorde Daquarius.
Ao fim da reunião, Cyrus avisaria a Thaerisk sobre o envio de um de seus confidentes até Taverley, o qual supostamente desejava se juntar a Ordem dos Druidas. No entanto, este homem seria secretamente um Druida do Caos, parte do plano arquitetado por Cyrus para dar a estes druidas o controle de Taverley.
Enquanto isso, Daquarius substituiria todo o exército de Burthope por Cavaleiros Negros.

_________________
“We shall arise. We shall consume. You shall be subjugated, or be destroyed. The Dominion has come to light, and shall block out the sun that shines over your universe. The shadow that will be cast over your souls shall be that of death. All you can do is watch your world crumble. Resistance is indeed unsubstantial. You may not fear us... But that will be your fatal flaw. What will you do when we stand to eclipse your 'might'? We will rest assure that there shall be no place to hide... No stone not turned.

Tur'ina'iad a'eldgar kal'tor thr'ranach. We declare war.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diógenes
Lorde
Lorde
avatar

Mensagens : 275
Data de inscrição : 05/05/2015
Localização : Infernus

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Rei Negro no Reino Branco   Sab Set 09, 2017 3:53 pm

O evento de juramento arquitetado por Cyrus ocorreria, majestosa, no Salão de Festas de Faladore. Se não fosse por um único fator, seria uma cerimônia completamente normal.
A verdadeira mente por trás daquele plano se mostraria sobre a máscara de um inocente camponês, usando as próprias palavras dos cavaleiros brancos contra eles, dobrando-as e vinculando-os em lealdade eterna a Cyrus utilizando seu poder único. Azth'Rakar havia desempenhado seu papel.
Porém, o discurso dado por Cyrus ao povo, com o propósito de encher seus corações de esperança uma vez mais, não teria seu efeito desejado. No entanto, Fedor, um dos cavaleiros do terror de Chernigov que havia se feito presente na cerimônia, tomaria a dianteira e daria ao povo as palavras que precisam.
Daquele dia, nasceria o novo título do atual monarca de Asgarnia.
Cyrus, o Improvável.

_________________
“We shall arise. We shall consume. You shall be subjugated, or be destroyed. The Dominion has come to light, and shall block out the sun that shines over your universe. The shadow that will be cast over your souls shall be that of death. All you can do is watch your world crumble. Resistance is indeed unsubstantial. You may not fear us... But that will be your fatal flaw. What will you do when we stand to eclipse your 'might'? We will rest assure that there shall be no place to hide... No stone not turned.

Tur'ina'iad a'eldgar kal'tor thr'ranach. We declare war.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 22
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Rei Negro no Reino Branco   Qui Set 28, 2017 5:07 pm

A Cruzada da Expurgação


Convocada pelo Lorde-Comandante dos Cavaleiros Brancos, com permissão do Sumo-Sacerdote Andronicus I e do Rei Cyrus Hothensen, como também a permissão de avançar da Czarina Katharine Habitch, os Cavaleiros Brancos reuniriam suas forças e convocariam os fiéis de Saradomin para Expurgar o Norte dos Demônios de Zamorak.

Seriam reunidos 20.000 soldados de Infantaria das aldeias e vilarejos e 10.000 cavaleiros, entre eles, 5.000 veteranos de guerra dos Cavaleiros Brancos, liderados pelo Lorde-Comandante dos Cavaleiros Brancos pessoalmente. Para não deixar Faladore desprotegida, seria mantido as forças provinciais na mesma, que seria uma cidade muito fortificada e não precisaria de grandes números para defende-la.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro
Lorde
Lorde


Mensagens : 845
Data de inscrição : 17/05/2015
Idade : 17

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Rei Negro no Reino Branco   Ter Out 03, 2017 7:44 pm

Num dia frio, após os recentes acontecimentos, o Rei Cyrus receberia uma carta, remetida, a princípio, pelo Lorde-Comandante dos Kinshra no norte, afirmando que os mesmos sabiam quem ele era de fato, e ameaçando revelá-lo caso não seguisse à risca algumas ordens...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas
Fair King
Fair King
avatar

Mensagens : 2464
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 22
Localização : No Sul

Ficha do personagem
Pontos Infracionários:
0/100  (0/100)

MensagemAssunto: Re: O Rei Negro no Reino Branco   Seg Out 23, 2017 8:52 am

Já teria se passado meses desde que William teria renunciado sua posição no Conselho Negro de Tartarus e também desaparecido de seus domínios.

Ele re-apareceria em Asgarnia, disfarçado para ter uma reunião com o Rei Cyrus, aonde ele apresentaria um plano aparentemente brilhante para a dominação Zamorakiana em Asgarnia:
Com os Cavaleiros Brancos e uma parte fundamental dos exércitos Saradoministas de Asgarnia no norte, indo combater a Legião Infernal invadindo Chernigov, Faladore estaria sucessível a um cerco direto, porém para isso, primeiro seria necessário lidar com os Cavaleiros do Templo. O plano seria enviar os Cavaleiros do Templo para um atentado que acontecerá no interior, no sul de Asgarnia e nos arredores do Porto de Sarim, e enquanto a cidade estaria pouco guarnecida, as forças dos Kinshras que já estariam se preparando a meses, invadiriam a cidade durante a noite, através dos esgotos e de outras rotas secretas.
Quando a Cruzada Saradominista no norte descesse para re-tomar Faladore, seriam emboscados pela Legião Infernal que está vindo de Fronteiriça, e com a Cruzada destruída, Namos enviaria reforços. Namos seria emboscada pelas Legiões Kal'Gerion e então Cyrus não teria mais rivais a altura.

O plano seria aceita e progrediria com grande sucesso. Os Cavaleiros do Templo seriam enganados e marchariam sul para investigar um suposto atentado contra Saradoministas por parte de Cultistas Infernais, e enquanto isso em Faladore, a cidade seria tomada por assalto pelos Cavaleiros Negros liderados por Daquarius, que teria sido renovado por magia demoníaca dos aliados de Cyrus. O assalto letal e rápido dos Kinshras causaria a morte de centenas de Saradoministas em poucas horas, exterminando quase totalmente a guarnição presente, como também enfileirando cabeças de Lordes Saradoministas em Faladore nos muros do Castelo de Faladore. Porém após esse sucesso e o festejo de Cyrus, após sua declaração de ser Zamorakiano, ele receberia uma notícia perturbadora: A Cruzada Saradominista nunca teria sido emboscada e a Legião Infernal e Kal'Gerion nunca teria sido avisadas deste plano, na verdade, a Cruzada teria sido avisada dos eventos muitos dias antes de terem acontecido, sendo assim, teriam marchado sul e já se aproximariam de Faladore.

Três dias depois, a defesa se organizaria do lado de fora dos muros de Faladore, os Cavaleiros Negros e mortos-vivos dos Kinshras seriam liderados em uma defesa contra os Cavaleiros Brancos que assaltariam o portão principal da cidade, enquanto Leviatãs e Demônios teriam sido evocados, combatendo a Infantaria, Artilharia e Sacerdotes na retaguarda.
A batalha se prolongaria por horas de combate incessante, sem um vitorioso claro. Os Saradoministas seriam lentamente cercados próximo aos muros de Faladore, quando uma série de eventos aconteceriam, confundindo todos os lados da batalha. Os mortos seriam levantados por nenhum dos dois lados da batalha, porém atacariam ambos, enquanto fendas seriam abertas em diversos locais do campo de batalha, aonde mais mortos atravessariam, enquanto isso, uma figura apareceria nos céus logo ao norte da batalha. Apesar do caos, os Cavaleiros Brancos seriam liderados por Sir Vant que, de forma súbita, receberia a Benção de Saradomin e começaria a lutar feito uma entidade superior.
Dentro de Faladore, um portal se abriria aonde sairiam mais mortos, estes diferentes dos primeiros, estes seriam repletos por uma aura gélida. O Lich Rei teria chegado para "supostamente" salvar Cyrus Hothensen, porém seria barrado na Sala do Trono do Castelo de Asgarnia por Daquarius, imediatamente trocando golpes com o mesmo. Enquanto a batalha nos campos de Faladore estariam um caos, com os Saradoministas e Zamorakianos sofrendo baixas demais, Cassius apareceria na Sala do Trono e "baniria" o Lich Rei e seus mortos, então, desapareceria junto de seus mortos-vivos também, deixando apenas pouco mais de algumas centenas de Cavaleiros Negros e Cavaleiros Brancos vivos.
Os Cavaleiros Negros imediatamente fugiriam para o Castelo de Faladore, aonde fortificariam o mesmo, enquanto os Cavaleiros Brancos fugiriam norte para seu acampamento na Colônia Anã do Pico Glacial. Sir Vant teria atravessado Faladore e teria tentado um ataque direto a Cyrus, porém seria barrado por Daquarius e forçado a se teleportar para longe.

Nos dias seguintes, Cyrus enlouqueceria completamente em seu quarto, enquanto Daquarius prepararia as defesas do Castelo, enviando cartas e mensageiros para todos os membros do Pacto Infernal e todos os aliados que os Zamorakianos teriam, pedindo reforços para Faladore. Os Cavaleiros Brancos e Sir Vant, em seu acampamento, convocariam as Forças Provincias de Asgarnia para tomar Faladore através de um sítio. Os Cavaleiros do Templo, enfurecidos por terem sido enganados, preparariam uma operação.
Ur'Keth, utilizando suas manifestações, começaria a tentar arrombar a Fortaleza Secreta dos Cavaleiros do Templo, porém seria necessário tempo.

Baixas:

8.000 Cavaleiros Brancos
10.000 Soldados Asgarnianos
4.500 Cavaleiros Negros
4.000 Demônios
20.000 Civis

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Rei Negro no Reino Branco   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Rei Negro no Reino Branco
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Imagens] Cisne e Dragão Negro.
» [Comentários] Pégasus Negro + Seiya Plain de Treinamento (Jacksdo)!
» [Resultado]XVIII Torneio de Fotos Cloth Revolution
» Gono
» [Comentários]Torneio de Fotos Especial de Aniversário Guerra Galatica - Especial Shiryu

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Reinos de Guilenor :: Saga 1 - Guilenor :: Interpretações-
Ir para: